08 Dicas práticas para ser mais produtivo


Antes de começar, permita-me esclarecer que “ser produtivo” não é a mesma coisa que

“fazer correndo”, mas sim saber otimizar o tempo, fazendo mais coisas (ou coisas mais importantes)

no mesmo espaço de tempo.

Também considero que ser produtivo é diferente de estar ocupado. Neste contexto, quero sugerir o

conceito de que produzir é fazer ações que me levem mais próximo de meus ideais, da minha visão

de futuro e daquilo que quero me tornar, enquanto que estar ocupado é fazer, ainda que de modo bem feito, as inúmeras tarefas do dia a dia que me tomam muito tempo e energia.

Estando ocupados com tarefas rotineiras, não temos tempo para fazer o que é, de fato, importante pa-

ra nosso crescimento, para nos levar mais perto de nossos sonhos.

Então vamos lá. Elenquei algumas dicas que tem funcionado para que eu me torne mais produtivo. Espero que funcionem para você também:

1. Para começar, avalie se aquela tarefa precisa mesmo ser feita por você ou pode ser delegada a outra pessoa. Não precisa? Delete‐a ou delegue a! Pronto. Resolvido.

Se não precisa ser feita, não faça. Simples assim!

2. Defina hoje as tarefas importantes de amanhã. Nunca deixe para definir o que vai fazer no próprio dia.Melhor ainda, antes de terminar o dia, defina claramente qual será a primeira tarefa do dia seguinte,

já deixando tudo em ordem para que possa render bem aquele primeiro tempo. Obs.: quando a

primeira tarefa do dia vai bem, meu dia costuma ser muito melhor do que quando a primeira tarefa

“trava” por algum motivo. Por isso, sempre que eu posso, já deixo tudo “no jeito” para amanhã.

3.

Elimine tudo que possa te distrair. Você se distrai com gente andando ao seu lado ou conversando

perto de você? E com música alta no ambiente de trabalho? Whatsapp piscando? Procure preparar

bem o seu ambiente de trabalho, removendo objetos e tentações de distração que o impeçam de ser produtivo, pelo menos em momentos que requerem maior concentração. Se precisar desligar o celularpor alguns minutos, desligue. Experimente. Você não vai morrer... Fará muito bem pra você, acredite.

4. Defina pequenos blocos fixos de tempo para trabalhar de modo concentrado, com toda sua energia. Por exemplo, dedique 40 minutos ininterruptos para escrever o roteiro de um vídeo que precisa postar em suas redes sociais. Defina uma micro meta para aquele pequeno bloco de tempo e cumpra.

É bem mais fácil! Esse método é conhecido como técnica “pomodoro”, mas não vou aqui perder tempo explicando o porque deste nome, mesmo porque, vamos focar no que realmente importa, não é?

5. Uma vez que você tenha a informação que precisa para tomar uma decisão, escreva, desenhe etc (eu costumo escrever palavras chave e ligar umas às outras buscando conexões, enquanto raciocino; também costumo desenhar). Chegou a uma conclusão com as informações que possui? Então tome a

decisão de uma vez por todas. Obs.: não espere ter todas as informações do mundo ou ter sempre

“certeza” para isso, pois muitas vezes esta certeza nunca virá, ou não se pode ter todas as

informações do mundo. Então... feche a gaveta, isto é, decida de uma vez. Ficar com pendências

(“deixar as gavetas abertas”) é um grande sugador de energia. Se, mais tarde, concluir que aquela

não foi a melhor decisão, bola pra frente, rumo à próxima decisão. Aliás, mudar de opinião e parar de

fazer uma coisa para fazer outra, TAMBÉM é uma decisão.

6.

Comprometa-se publicamente com as suas metas, ou seja, fale para outras pessoas o que vai fazer

e o que pretende alcançar. As pessoas, conscientemente ou não, vão te ajudar, cobrando de você

resultados. Escolha um novo hábito que queira adquirir e comprometa-se com seus amigos que irá

fazer aquilo por pelo menos 30 dias seguidos.

Torne isso público. Deixe todo mundo saber que você agora possui aquele compromisso.

Após algum tempo fazendo uma nova ação, sua mente tende a fazer daquilo um hábito, de modo a virar rotina e, consequentemente, fácil. Eu, por exemplo, experimentei mudanças de hábitos alimentares por 30 dias e, como resultado, agora como várias coisas que não comia antes, deixei de “precisar” de doces e refrigerantes. Impressionante como estas coisas que antes me eram “necessárias” agora

são absolutamente “opcionais”. Fazer promessa pública te compromete com você mesmo, pois

ninguém quer “pagar” de incoerente, não é mesmo?

7. Premie a si mesmo quando alcançar metas. Se dê, por exemplo, uma tarde livre para ir ao cinema ou passear no parque com sua filha pequena. Se dê um dia no spa... não importa. Ensine sua mente a

ficar entusiasmada com o próximo presente que irá receber por ter cumprido uma meta.

8.

Programe seu despertador do celular algumas vezes ao dia, para lembrá‐lo de ser produtivo.

O meu celular me “chama” 4 vezes ao dia, com um toque diferente, com a pergunta: “Plínio, você estáocupado ou produzindo?”. De tanto ouvir esse questionamento (que eu mesmo programei), acabei

me tronando bem mais consciente de usar melhor meu tempo de trabalho para coisas realmente

importantes.

Estas ideias serviram para mim. Experimente-as, ou pelo menos algumas delas,

e veja como podem te ajudar.

Fico aqui na torcida para que tenha muito sucesso na implantação destas ideias e que, a cada dia, esteja mais perto de seus sonhos.

Até a próxima.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Tomaz Gestão e Marketing LOGO
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bandeira-da-espanha-2000px.png
2000px-Flag_of_Brazil.svg.png

Rua Urano, 195 - Aclimação

São Paulo-SP

+55 (11) 3151-3700 | 3129-8919

+55 (11) 95551-3463 - WhatsApp

Copyright by ® GRUPO TOMAZ

2001 - 2020